Precisamos de um Storyboard Artist para longa-metragem de terror.

Cá está um belo exemplo: THE MIST (storyboard by Pete Von Sholly).

O terror é uma arte de precisão. Os planos e os cortes certos fazem toda a diferença entre uma cena inesquecível e uma cena banal. E num filme, tal exactidão deve ser clara para todas as áreas (produção, realização, efeitos especiais, actores, som, fotografia, montagem e etc.). Um storyboard serve para tudo isto e muito mais: trata-se de uma tradução visual e funcional (tão próxima do filme final quanto possível) que comunique tudo aquilo de que a cena trata… e até nos inspire a fazer melhor.

Ora, esperamos avançar para produção em breve e é neste sentido que gostaríamos de conhecer alguém com vontade de fazer os nossos storyboards (e talvez mais 🙂 ). Quem estiver interessado pode nos enviar um CV e (mais importante ainda) alguns exemplos de desenhos para badbehavior@sapo.pt .

É fundamental ter paixão e vontade de fazer cinema de terror. Até breve.

Advertisements

Tags: , , ,

2 Responses to “Precisamos de um Storyboard Artist para longa-metragem de terror.”

  1. Tiago Pires Says:

    olá, acabo de terminar um mestrado em barcelona de Direcção Artistica cinematográfica e procuro agora colaborar em projectos que acima de tudo me cativem, como projectos dentro do género que realmente mais me identifico, o de terror. Com experiência em ilustração e com bases audiovisuais penso que podemos iniciar uma colaboração com êxito.
    comprimentos
    Tiago Pires

    • Bad Behavior Says:

      Olá, Tiago.

      Quanto ao primeiro assunto: é óptimo ter em Portugal alguém com a tua especialização. Quantos mais vocês forem, melhor! Manda-nos um CV ou um portfolio para darmos uma olhadela. O nosso mail é badbehavior@sapo.pt . Teremos todo o prazer em conhecer o teu trabalho ou simplesmente ver aquilo que és capaz de fazer. Adoramos conhecer gente e lemos tudo o que nos chega.

      Quanto ao segundo assunto, já nos tinham falado nesse projecto (que achamos muito interessante). Continuamos abertos a conhecê-lo. Até podemos ajudar a divulgá-lo. Cá no blog, por exemplo.

      Grande abraço.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: