Filme europeu da semana: Hour of the Wolf.

VARGTIMMEN (1968) é um filme de terror totalmente diferente dos outros. Motivo? Ingmar Bergman. Este célebre autor europeu brincou com o terror várias vezes ao longo da sua carreira. No entanto, nunca entrou tão fundo no género quanto neste filme que vem logo a seguir a um dos seus filmes mais festejados: PERSONA (1966). E isto é interessante porque muitos dos espectadores habituais do Bergman, que adoraram o PERSONA, não gostaram deste filme no qual um artista luta (sem sucesso) contra demónios interiores (e exteriores) que levam a melhor sobre este.

Nós, pelo contrário, pomos HOUR OF THE WOLF (título norte-americano) como um dos melhores filmes de sempre do Bergman, onde talvez o autor nos dê o retrato mais fiel dele próprio – com tudo aquilo que pode haver de belo, horrível, confuso e incompreensível.

Arriscamo-nos até a dizer que o Bergman tinha em mente 1000 coisas horríveis para pôr no PERSONA. Porém, como no filme apenas cabiam quatro, o realizador deve ter ficado com as outras 996 a atormentar-lhe a cabeça. Resultado? VARGTIMMEN!

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: