Mariel Clayton e a vida alternativa da Barbie.

“I’m not a man-hater, I wasn’t abused as a child, I’m not ‘dark’ or ‘disturbed’ or ‘mentally scarred’… I just find certain things funny.”

É assim que Mariel Clayton se defende daqueles que vêem as suas fotografias e deduzem logo uma artista perturbada. Afinal, não há trauma ou sofrimento alguns – apenas um grande sentido de humor e muita inspiração. Mariel Clayton é uma fotógrafa cujo principal interesse são bonecas que contam umas histórias… diferentes. (Risos)

A série “PfV” (Phuqing for Virginity), por exemplo, mostra as suas bonecas em momentos de prazer. Já a série “Conditions” mostra bonecas a passar por experiências tipicamente humanas. A série “Syllabary” mostra um conjunto de crueldades desconcertantes. Tudo é válido para arrancar do espectador um sentimento inconfundível de “tenho que ver a próxima foto”.

O seu website chama-se Mariel Clayton – Doll Photographer with a Subversive Sense of Humour. Tudo começou com a visita a uma loja de miniaturas em Tóquio. O resultado não poderia ter sido mais fecundo. A Barbie é uma das figuras mais vistas. Mas há outros protagonistas também nestas fotos imperdíveis.

Advertisements

Tags: , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: